5 de abril de 2014

Os Mercenários 2 (The Expendable 2)!

> Mr. Church (Bruce Willis) convoca todo os Mercenários  para uma tarefa que parecia ser fácil para os especialistas no assunto, porém, o grupo se depara com um homem frio e egocêntrico (Jean-Claude Van Damme) que impedirá a realização do planejado e acabará matando um membro da equipe. Os Mercenários então terão que unir forças com velhos aliados para combater o homem que desmembrou o time de assassinos profissionais.
> Para superar o que foi alcançado no primeiro filme de 2010, o segundo teria que ter um elenco maior, mais violência, mais explosões, mais clichês e menos roteiro – no sentido de originalidade. E é exatamente disso que Os Mercenários 2 é composto. Não que isso seja algo ruim para um filme de ação, é, na verdade, até uma surpresa, já que os envolvidos aqui não quiseram ter a audácia de fazer um filme sério. Ao contrário, celebra a facilidade e a simplicidade de se fazer uma ação com tais atores.
> Os Mercenários 2 é muito divertido, em vários aspectos. Primeiro porque a ação é mais intensa que no anterior, e, neste, o grupo está mais valorizado do que o individualismo – ou pelo menos isso é mostrado de maneira mais eficiente. E, segundo. porque não há compromissos com um realismo lógico, o que é essencial para o estilo de ação feito por esses atores. Explosões colossais, tiros certeiros em figurantes e falhos em protagonistas, piadas prontas (muitas terriveis e indescritivelmente boas) e outras sobre o peso e o passar da idade deles, visíveis em seus corpos e caras, além de outras referentes às suas questões pessoais – apelidos, bordões, etc -, são muito bem colocadas.
> Destaque para a participação ovacionada de Chuck Norris, o qual virou mito de uma geração, e que no filme faz jus a seus títulos, piadas e mentiras contadas fora do cinema – muito embora o próprio Stallone tenha um currículo de mortes mais vasto que o de Norris. O ator Van Damme também prova que ainda sabe dar bons chutes aéreos, e até mesmo Jet Li que aparece apenas no início do filme, tem boas sequências. Apenas o ex-lutador de MMA, Randy Couture, é que ficou sem nenhum momento notável de ação, mas a sua presença é ressaltada em boas piadas bobas.
> Àqueles que têm discernimento de gêneros cinematográficos e de seus objetivos, sabem que Os Mercenários 2 não é um filme feito para ganhar elogios da crítica ou prêmios, mas feito com dedicação total voltada para o público que durante décadas acompanha o trabalhos de muitos desse artistas e que há tempos não via alguns deles atuando dentro de suas características em uma telona.

0 comentários:

Postar um comentário